quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

DISMEMBERMENT: SAC 2013 Zoológico

E aí, pessoal? Seguimos hoje com mais um deck para ser desmembrado e não poderia ser outro. O Campeão do Sulamericano de 2013, Roberto “Pascek” nos autorizou a analisar sua listagem. 

Fiquei muito feliz com a conquista porque, além do cara ser meu camarada e mandar muito bem nos Guitar Hero da vida, o deck lembra muito um que eu tinha e que por coincidência foi o primeiro com o qual eu me sagrei campeão de um torneio. Já mencionei ele inclusive aqui no blog em um dos meus primeiros posts que falava sobre Metagame (clique aqui e leia!

A minha listagem era consideravelmente diferente, até porque não tínhamos cartas chave como Ashur Tablets e Deep Song e a cripta era mais nanica.

Sem mais blá-blá-blá:

Deck Name: Zoólogico 2013
Created By: Pascek
Description: Mono Animalism Setup Deck

Crypt: (13 cards, Min: 17, Max: 30, Avg: 5,61)
----------------------------------------------
1 Anjalika Underwood ANI aus chi for5 Ravnos
1 Beetleman obf ANI 4 Nosferatu
1 Celeste Lamontagne for ANI PRO 5 Gangrel Antitribu
1 Effie Lowery obf ANI SPI 5 Ahrimanes
1 Janey Pickman for ANI PRO 6 Gangrel Antitribu
2 Muricia ANI PRE SPI 7 Ahrimanes
2 Nana Buruku ANI POT PRE 8 Guruhi
1 Petra aus ANI OBF 5 Nosferatu
1 Sahana ANI pre pro spi5 Ahrimanes
1 Stick ANI 3 Nosferatu Antitribu
1 Yuri Kerezenski aus for vic ANI5 Tzimisce

--- Cripta com 13 cartas, será que foi estratégia ou ele apenas não conseguiu se decidir só por 12? Hehehe... todos os vampiros com Animalismo superior. Eu consideraria tirar as Muricias e botar mais um Stick e mais uma Janey Picão. Quando eu montei o deck não exisistia a tão aclamada Nana Buruku e fiquei curioso pra saber como ela “roda” em um deck como esses. ---

Library: (90 cards)
-------------------
Master (20 cards)
2 Archon Investigation
6 Ashur Tablets
1 Fame
1 Frontal Assault
1 Giant`s Blood
1 Heidelberg Castle, Germany
5 Vessel
3 Villein

--- 20 Masters, considerando que temos 2 cópias da Nana e 7 trifles é um bom número. 2 Archons são necessárias nesse deck, ACREDITE. Eu consideraria uma archon e uma Retribution também. Ashur Tablets entram perfeitamente em um deck que roda a mão como doido. Heildelberg Castle + 4 Raven Spy podem criar uma barreira sólida.  Eu de repente tiraria uma Villein e poria uma Powerbase Montreal---

Action (14 cards)
1 Aranthebes, The Immortal
1 Army of Rats
6 Deep Song
4 Taunt the Caged Beast
2 Tier of Souls

--- Eu acredito que a Deep Song elevou esse tipo de deck para Tier 1. Quando eu montei “esse deck” ela não havia sido lançada ainda e eu tenho certeza de que o deck perde boa parte de sua força sem ela. Tier of Souls é uma carta bem interessante também e muita gente não usa. ---

Reaction (10 cards)
5 Cats` Guidance
2 Forced Awakening
3 On the Qui Vive

--- Só senti falta aí de Delaying Tactics que é uma “norma” nas decklists campeãs atualmente. Será que o Pascek sentiu falta delas durante o torneio?  ---

Combat (38 cards)
10 Aid from Bats
2 Canine Horde
8 Carrion Crows
2 High Ground
2 Song of Serenity
4 Target Vitals
6 Taste of Vitae
4 Terror Frenzy

--- Acredito que o Pascek tenha tido alguns problemas com blood nos playtests pra ter acrescentado 2 Canine Horde e 2 High Ground ao invés de aumentar o número de Terror Frenzy. Terror Frenzy + Carrion Crows + 3 Aid from Bats é o mais próximo de um orgasmo que se pode ter jogando uma mesa de Vtes ---

Ally (2 cards)
1 Carlton Van Wyk (Hunter)
1 Ossian

--- Eu particularmente trocaria o Ossian pelo Gregory Winter pois sentia muitos problemas com Combat Ends e a “minada” no blood dos vampiros inimigos que ele dá e o especial da “diablerie” valiam muito a pena, mas... opção do Pascek e só ele pode dizer se o nosso Garou da Redlist fez bem o seu papel durante o torneio. Carlton Vantuir agrega muito…  ---

Retainer (5 cards)
1 Owl Companion
4 Raven Spy

--- Gostei muito de não ver 365 Murder of Crows aqui nessa área do deck. Deixa o deck mais original ainda. Eu trocaria o Owl Companion por um Underbridge Stray de repente... ---

Event (1 cards)
1 Dragonbound

--- Parece uma opção óbvia, mas essa carta tem que ser muito bem pensada em um deck sem muitas defesas de combate como esse. A hora de bota-la na mesa tem que se bem pensada pra não ser um tiro no pé. ---

Bom, é isso aí. Decklist deliciosa de jogar. Lembrando que os meus pitacos são em sua maioria conjecturas (quem são essas senhoras?). Obviamente o Pascek testou bem esse deck várias e várias vezes pra que ele chegasse nessa listagem.

Me lembro do nosso saudoso (cada dia mais) ex-prince do Rio, Itamar Parrudo, me parabenizando por ter ganho um torneio com um deck “de gangrel” como ele disse na época que eu ganhei com “esse deck”. Então, o que dizer ao Roberto Pascek por ter tido cojones de ir no SAC com essa listagem e por ter GANHO o torneio.

Valeu galera! Inspirem-se no campeão sulamericano de 2013 e OUSEM! Descartando e... seguiu!


p.s.: Como eu fui capaz de ganhar um torneio com quase 20 participantes na época áurea do Jyhad carioca com esse deck aí, só que antes de lançarem Deep Song, Ashur Tablets e Nana Buruku... caguei DEMAIS... 

Um comentário:

  1. Our $1,000,000 Insurance can help you recover out-of-pocket expenses and lost wages if your identity is stolen.

    ResponderExcluir